Blog

Da zona de conforto a zona de incômodo

Hello, hello! Em dias frios (e que frios) ficamos mais reflexivas, né? Eu pelo menos sim… E daí comecei a pensar na famosa zona de conforto. A famosa zona que muitas vezes empaca vidas, objetivos, desejos e, obviamente, looks, produções e bem estar com você, seu corpo e sua imagem. A zona de conforto é aquele lugar em que estamos (sim, todos temos a nossa) sempre que rola a preguiça de pensar, mudar, criar e evoluir. Ficamos lá vendo o desfile passar… Quem nunca, né? (muito filosófica). Como o nome já diz, zona de conforto é o lugar onde nos sentimos seguros, não significando que isso seja 100% positivo ou negativo. E aí você me pergunta: Laís e o que isso tudo tem a ver com esse site, blog ou seu trabalho? E eu te respondo: MUITO!rs

A zona de conforto do seu estilo é aquela sua roupa do dia a dia. Aquela que você já está acostumada sabe? Aquele combo “de sempre”? A roupa da preguiça. A roupa que “você já compra de olhos fechados porque tem certeza que fica bom”. Pode ser um jeans e camiseta, ou camisa e calça alfaiataria. Não existe regra. Cada corpo/vida tem o seu conforto de estilo.

zona de confortozona de conforto 2

Algumas mulheres me procuram porque querem exatamente sair deste lugar em que estão. Percebem que podem ir além e se jogam para isso. O que é lindo e muito louvável (toda mudança, por menor que seja, DEVE ser comemorada). Porém temos ali logo na frente a zona de incômodo que defino como aquele momento em que você não está satisfeita com nada, com você, suas roupas, seu estilo, o que sua imagem representa. E isto, automaticamente, começa a refletir de forma negativa em todas as esferas da sua vida. Já pensou passar o dia todo dentro de uma roupa que não te representa? Sentindo que não está transmitindo exatamente a mensagem que gostaria? Ruim, né?

E qual a solução, Laís? Se você acha que vou falar “me contate que resolvo pra você”, se enganou!rs A solução é começar a observar quando a sua zona de conforto passa a ficar desconfortável. Observar o que pode mudar, mesmo que sejam pequenas coisas. As vezes acessórios ou cores que falem mais de você. Um sapato diferente ou, simplesmente, um batom mais TCHAM! Que tal? Dai depois se perceber que precisa de ajuda, um olhar de fora pra te puxar do lugar em que está, pode me chamar que será um prazer.

zona de conforto 5 zona de conforto 4 zona de conforto 3

Todo mundo hoje pensando onde se encaixa e o que pode fazer para mudar (pra melhor sempre, claro). Espero que minha “viajada” de frio, também faça sentido para vocês!

Beijos,

Laís

Imagens: Reprodução/Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *