Blog

Bloco Império do Ar Condicionado

Carnaval chegando e eu admiro muito quem vai para os blocos com fantasia, adereços e toda a criatividade em pleno calor descomunal que costuma fazer no Rio de Janeiro nesta época. A ideia de trocar o meu suor com o suor do outro, me dá agonia só de pensar. E a purpurina? Em um esbarrão é capaz de grudar purpurina suficiente para cinco gerações! Colada com suor, lembra? Admiro muito quem se aventura – e curte.

Quando era criança meus pais me levavam em bailinhos infantis e, pelo que me lembro, curtia. Tenho uma foto toda fantasiada de Carmen Miranda (eu acho), sorridente e –pasmem- cheia de confetes colados no suor do corpo. Alguns anos depois os blocos de rua do Rio perderam força e eu passei a viajar nessa época. E eu sinto que foi a partir daí que minha intolerância à purpurina e suor começaram a ganhar força.

Atualmente o carnaval pra mim passou a ser um feriadão delicioso especialmente para viajar ou curtir uma piscina, de forma bem tranquila. As poucas experiências que tive já adulta, não me fizeram ficar confortável ali… então pra quê insistir? Só para fazer parte da maioria que curte? Eu também curto, do meu jeito. E tá lindo!

Realmente carnaval de blocos e afins não é minha praia e nem por isso desejo chuva ou que os blocos acabem… muito pelo contrário. Há blocos para todos os tipos de foliões e até para os que não gostam de blocos. Sempre me dividi bem com os foliões de confete e serpentina… E se carnaval é alegria, por que eu faria guerra?

Não me levem a mal, é que meu bloco é dependente de ar condicionado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *